1737

Câmara Municipal de Jequié

Pular para o conteúdo
Última atualização:
|
Câmara Municipal de
Jequié

Impantação do projeto “Criança com visão, futuro na mão! de olho na educação” volta ser defendido por Ivan do Leite

18/04/2023 às 16h40

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


O vereador Ivan do Leite voltou a apresentar, na Câmara Municipal, proposta em que defende a implantação, em Jequié, do projeto “Criança com visão, futuro na mão! de olho na educação”. Seria a partir da parceria com a Prefeitura, com todos os alunos da Rede Pública de Ensino passando por exame de refração e todos os outros que são necessários para identificação das deficiências visuais, caso haja necessidade, e receberão, gratuitamente, na sala de aula, os óculos que vão permitir que recuperem a boa visão e, consequentemente, possam ter um bom rendimento escolar.

O projeto cria a figura do Agente da Boa Visão, pessoas que serão treinadas entre os professores, agentes de saúde, lideranças comunitárias, etc. que ficarão responsáveis não só pela identificação dos alunos que têm dificuldades visuais, mas também pelo monitoramento dos progressos obtidos por eles em cada uma das etapas do projeto.

A capacitação dos agentes da Boa Visão é uma etapa importantíssima do trabalho, além da inclusão na Lei Orgânica de cada município participante, da obrigatoriedade da realização de exames de acuidade visual nos alunos logo na primeira semana de aula. A marca maior do Projeto é a difusão do conhecimento sobre a saúde visual, que ficará de forma permanente na memória e na história de seus personagens, que se tornarão multiplicadores desses conhecimentos.

O parlamentar explica que as ações do projeto são centralizadas nas escolas públicas, onde está o público infantil e adolescente que por conta da condição econômica, têm dificuldades para ter acesso ao consultório médico e, mais ainda para adquirir os óculos.

Lembra Ivan do Leite que o criador do projeto, Dr. Armênio Souza, ressalta que esse bom rendimento escolar vai possibilitar a esses alunos um futuro com mais oportunidades, sendo essa a principal meta do projeto, e não apenas a simples constatação do problema visual e o fornecimento posterior dos óculos.